BLOG – IP Fabric – Gerar Relatório – parte 7

Olá Pessoal,

Após algum tempo venho trazer mais informações sobre nossa ferramenta de gerência e inventário que venho detalhando para vocês. Em nosso último post trouxe detalhes sobre a nova atualização que temos para trabalhar com as famosas API da Meraki.

Como podem ter observado em nosso título, hoje venho trazer outro ítem que achei bem interessante, pois de alguma forma já temos algo automatizado que podemos entregar em questões de segundos para um nível superior dentro de nossas organização, bem como para outras áreas que tenham interesse para identificar o que de fato temos em nossa rede, bem como alguns problemas que estão sendo evidenciados.

Como gerar os relatórios

A melhor forma demonstrar isso são através de relatório, no qual você vai trazer algo bonito e detalhado, agregado aos números. Pensando desta forma, vamos seguir para demonstrar como obter esse relatório.

Inicialmente precisamos observar em Report -> Network Analysis Report

Após esse procedimento você já pode observar todos os relatórios disponíveis para fazer download. Lembrando que esses relatórios de fato vão estar relacionado com o discovery que você executou em sua infra-estrutura, bem como atrelado com os ” database “ associados a sua base.

Após esse procedimento já podemos observar que nosso documento já estará disponível para utilizarmos.

Agora capturei algumas telas desse relatório apenas para você verificar alguns dados que de fato estão sendo importados para esse documento, e o que você terá para apresentar para seu chefe.

Uma base de dados sobre a quantidade de endereços que você tem em sua infra-estrutura ( Network Total, IP Address, DNS, MAC, etc )

Logo abaixo capturei um dado interessante que demonstra para você quais devices eu tenho naquele momento ” duplex mismatch “.

Neste exemplo abaixo a saúde de sua rede baseado no protocolo OSPF, bem como exportando isso para uma tabela dando uma visibilidade muito rápida onde possíveis problemas podem estar acontecendo devido ao tempo que essa sessão está operacional. Isso já pode ser números para que você possa atacar os problemas mais criticos e trabalhar em um planejamento para resolver esses problemas.

Mais uma informação relacionado a outro protocolo ( BGP ), que rapidamente já temos dados efetivos de toda a nossa infra e avaliar ” Porque temos tantas sessões Active? “, ” Será que estamos fazendo desativações corretas ou temos problemas maiores na rede? “. Enfim, alguns ítens que podemos pensar e agir de forma rápida.

Enfim, temos diversas informações adicionais no relatório que podem ser utilizada por diferentes áreas e consolidar o que de fato é relevante para ações imediatas.

Conclusão

No meu ponto de vista, por se algo muito prático e rápido para captura do relatório é muito vantajoso, pois podemos entregar algo para diferentes áreas que podem trabalhar nas identificações especificas de cada problema detectado.

Um problema que avalio é que de fato o relatorio somente é gerado em Inglês, o que pode impactar para alguns setores a nível Brasil, porém pode ser algo que poderia ser trabalhado junto ao ” vendor “, mas hoje nosso mundo de TI na maioria das vezes por padrão os documentos já devem ser entregue em Inglês.

Espero que vocês tenham gostado de mais essa dica.

Abs,
Rodrigo

0
0

Link permanente para este artigo: https://ciscoredes.com.br/2020/05/11/blog-ip-fabric-gerar-relatorio-parte-7/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate