BLOG – Instalação do IP Fabric – Parte 2

Olá Pessoal,

   Como vocês podem observar iniciamos uma nova serie de posts, que irá tratar sobre uma nova ferramenta que estou explorando e como não podia ficar de fora vou compartilhar com vocês essas experiências, e de fato é o que eu acho interessante nessa trajetoria.

   Como já havia explicado alguns ítens em nosso post anterior, hoje seremos mais direto apenas para demonstrar a instalação inicial, porém como já detalhado não existe muito segredo.

Passos para Instalação

   Após fazer o download do arquivo ( .ova ) você pode seguir com a instalação. Lembrando que em nosso ambiente de teste eu estarei utilizando o VMware Workstation.

   Inicialmente depois de você selecionar o ” import “ já terá uma opção para escolha relacionado a quantidade devices que a ferramenta irá suportar, ou seja, isso vai estar relacionado com nossa tabela exposta em nosso post anterior, que por sua vez, irá amarrar a quantidade de memoria, espaço em disco para referenciar sua VM.

   Em meu homelab selecionei o máximo ( 500 devices ).

   Após esse procedimento, seguimos com as consolidações padrões para instalação de nossa VM.

   Após as validações anteriores a VM já possui um usuario padrão ( terminal e WEB GUI ) onde agora você irá cadastrar sua senha. Conforme abaixo:

   Vale ressaltar que alguns ítens não foram expostos aqui devido a ser um homelab, portanto para instalações em ambientes de produção vale observar os requerimentos ( DNS, NTP, SSL, etc ) ou até solicitar ajuda ao fabricante.

   Por fim, verficamos que recebemos um endereço IP ( no meu caso deixei como DHCP ), mas o ideal novamente é reservar um endereço, logo que, isso será sua ferramenta de gerência e não é nada viável depois ficar trocando esse endereço se você tem FW, Políticas, etc. Com isso agora você já pode acessar o IP Fabric via browser e também através do terminal. Veja abaixo:

   A partir desse momento você não conseguirá seguir em frente se não obtiver a licença, portanto existe uma forma de fazer uma solicitação TRIAL, e assim desfrutar um pouco dessa ferramenta.

   Abaixo segue a página inicial para que você possa inserir sua licença.

ATENÇÃO!!! Após você inserir sua licença um user default é utilizado. Para que você possa logar deve utilizar user: admin /// pwd: netHero!123

Conclusão

   Como puderam observar a instalação é bem simples e não existem mistérios, portanto continue seguindo nossos posts que a brincadeira vai começar a ficar empolgante. 🙂

   Se você gostaria deixar algum cometário, duvida ou seguestão fique a vontade e pode escrever abaixo que vou fazendo a tratativa.

Abs,
Rodrigo

0
0

Link permanente para este artigo: https://ciscoredes.com.br/2020/02/03/blog-instalacao-do-ip-fabric-parte-2/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate