«

»

mar 11 2013

Imprimir Post

Protocolo VTP – parte 2

Olá Pessoal,

  Conforme mencionado anteriormente em nosso post, vamos tratar de explicar como funciona os anúncios de VTP.

 Nos sabemos que o equipamento designado como servidor irá publicar as informações para todos os seus vizinhos que estão associados ao mesmo domínio, bem como os outros modos também irão popular as informações e repassar a mensagem para seus vizinhos, fazendo com que todos possam obter a mesma informação.

 Essa informação de comparar as alterações está atrelada especificamente ao número de revisão que cada switch possui, ou seja, os switches que estão no mesmo domínio com uma revisão menor irá ser atualizado caso a revisão que esta sendo enviada tenha um valor maior. Nós iremos visualizar as informações através do comando abaixo:

Router#show vtp status
VTP Version: 2
Configuration Revision: 247
Maximum VLANs supported locally: 1005
Number of existing VLANs: 33
VTP Operating Mode: Client
VTP Domain Name: CiscoRedes
VTP Pruning Mode: Enabled
VTP V2 Mode: Disabled
VTP Traps Generation: Disabled
MD5 digest: 0x45 0x52 0xB6 0xFD 0x63 0xC8 0x49 0x80
Configuration last modified by 0.0.0.0 at 8-12-99 15:04:49
Router#

  Acima podemos observar diversas informações, como o número de revisão que vai mencionar se todos os switches estão com  seu database sincronizado, quantidade de VLANs populadas nesse switch, dominio que pertence esse equipamento e qual o modo de operação que ele esta trabalhando ( cliente ).

  Essas mensagens são divulgadas através do link trunk habilitado entre os switches, fazendo com que essas informações sejam propagadas através do 802.1q. Veja abaixo:

VTP_packet

  Nos temos 3 métodos na qual esses anúncios são enviados:

Sumarizado = São enviados a cada 5 minutos pelo servidor VTP, informa aos switches habilitados para VTP sobre o número de revisão de configuração de VTP atual e são enviados imediatamente após a alteração de qualquer configuração;

Sub-Conjunto = Contém as informações de VLANs e as alterações que vão disparar o anúncio de subconjunto são:

  • Criação ou exclusão de uma VLAN
  • Suspensão ou ativação de uma VLAN
  • Alteração no nome da VLAN
  • Alteração no MTU da VLAN

Solicitação = É enviado a um servidor VTP no mesmo domínio VTP, o servidor VTP responde enviando um anúncio de sumarização e, em seguida, um anúncio de subconjunto.

  • O nome de domínio foi alterado 
  • O switch recebe um anúncio de sumarização com um número de revisão de configuração mais alto do que seu próprio número
  • Uma mensagem de anúncio de subconjunto é perdido por alguma razão
  • O switch foi reiniciado

  Para que possamos definir em que modo de operação ( servidor, cliente, transparente ) o switch vai trabalhar precisamos definir através:

CiscoRedes(config)#vtp mode [server, client, transparent ]

  Desta forma podemos concluir sobre o processo de VTP, bem como a divulgação desse protocolo e os modos de configuração que ele pode trabalhar. Lembrando-se que esse protocolo em certas circunstâncias tem um grande valor, porém também é um ponto de falha se formos pensar em segurança, mas vale lembrar que tudo bem planejado pode trazer benefícios e dinamismo para nosso trabalho. Laughing

  Espero que tenham gostado de mais um tutorial.

Fonte:
VTP Cisco

Abs,
Rodrigo

Posts relacionados:


0
0

Link permanente para este artigo: https://ciscoredes.com.br/2013/03/11/protocolo-vtp-parte-2/

Deixe uma resposta