BLOG – NFD20 – VMware – SDWAN

Olá Pessoal,

   Enfim, mais um ” resumão ” sobre nossa visita ao NFD20 ( Tech Field Day ), e desta vez vou abordar sobre a sessão que tivemos nas dependência da VMware ( Palo Alto City ), com o propósito de apresentar sobre sua solução de SDWAN atrelado ao produto Velocloud.

   Acredito que todos devem saber, porém vale relembrar que a VMware adquiriu a Velocloud em Dezembro de 2017, com o intuito de agregar a seu portfolio as soluções de SDWAN, bem como já existia um interesse nessa aquisição devido a Velocloud ter trabalhado muito mais proximo da VMware e as integrações dos produtos de uma certa forma já estavam um pouco amarradas.

   Inicialmente, Tom Gillis ( SVP & GM, NSBU ) apresentou sobre a visão de integração entre as área de ” Networking ” e ” Segurança “, colocando seus detalhes sobre as oportunidades que VMware visualiza dentro desse segmento, bem como sobre as demandas em Cloud, trazendo cada vez mais dentro de infraestruturas em código, assim como os exemplos de hoje termos diversas VMs e microserviços espalhados por toda a estrutura ( on-premisses, Cloud ), desta forma conseguir oferecer essa camada de conectividade e proteção ao seu ambiente. As oportunidades são justamente em trazer toda essas facilidades através de software ( NSX – serie de posts em nosso BLOG ) + Web GUI + Rest API. Se desejar saber mais sobre essa sessão recomendo assistir ao video abaixo, onde ele também explora sobre os nossos conceitos relacionados as menções de hardware e virtualização.

   Após esse anúncio, iniciou-se a parte que eu mais gostaria de visualizar que seriam sobre as atualizações dos produtos relacionados a SDWAN, bem como a demo. Toda a estrutura se formos pensar sobre a solução de SDWAN, ela está totalmente correlacionada ao NSX, que por sua vez, terá as funcionalidades de trazer seu ” Plano de Controle ” + ” Gerência ” + ” Análises ” + ” Visibilidade “. Desta forma, teremos os pontos chave para que possamos construir essa solução associada ao conhecimento que Velocloud agrega ao produto. Abaixo segue as menções sobre as demandas que deve-se oferecer como: um meio de transporte totalmente transparente, oferecer segurança unificada, uma interface ( GUI ) de fácil usabilidade, e o carro chefe de qualquer produto SDWAN ( Dynamic Path ).

   Depois desse overview, Tony Banuelos ( Product Line Manager, NSBU, VMware ), iniciou falando sobre os modelos dos SD-WAN Edge que podemos obter, baseando-se na necessidade de cada ponto remoto ( edge ), sempre correlacionando com a largura de banda. Desta forma, podemos observar nesse momento à evolução desses ” White-Box ” e a relação de alguns modelos que aceitam trabalhar com ” VNF – Virtual Network Function “, bem como os modelos que temos para adquirir através somente de um arquivo ( .ova ) para deploy deles em suas estruturas ( KVM, ESXi ). Todos eles podem ser adquiridos através de seu CAPEX e também você paga o ” subscription “. Segue abaixo os modelos:

   Alguns questionamentos foram abordados no sentido de trabalhar com esses enlaces  LTE, Broadband, MPLS em Active – Active, porém até o presente momento a plataforma consegue oferecer apenas o Active – Backup, bem como a questão de suporte a IPv6, onde ainda não temos essa capacidade para trabalhar nativamente com IPv6. Muitas menções foram colocadas sobre as homologações das ISPs para oferta do LTE, e os citados estão totalmente atrelados as operadoras dos USA ( ATT, Verizon, T-Mobile ), devido a isso eu acabei perguntando diretamente ( off-line da sessão ) sobre as questões  em relação a região que nos aqui brasileiros trabalhamos, e segundo a resposta do Tony eles estão trabalhando para aumentar isso agora para outras regiões, mas que até o momento não é possivel utilizarmos esses recursos no Brasil. Segue o vídeo abaixo para sua analise:

   Após esses detalhes, Fan Gu ( Product Line Manager ) apresentou sobre ” Visibilidade ” e as menções sobre as integrações dentro da plataforma para que possamos trabalhar com ” VNF “, bem como os parceiros em ” IaaS ” ( AWS, Azure ) para oferecer granularidade e acesso as suas aplicações diretamente nessa infra-estrutura. Desta forma, também já temos disponivéis dentro desses parceiros via MarketPlace para executar instalação desses virtual appliances. Segue abaixo o vídeo detalhando todos esses parâmetros:

   Finalmente, chegou a hora relacionado a demo, onde foi exposto um exemplo de implementação utilizando os recursos disponivéis da Azure. Nesta demonstração foi criado dois tunneis através de seu Virtual Edge via Orchestrator Velocloud, após essa criação podemos observar os tunneis sendo criados automaticamente no Virtual HUB instalado dentro da infraestrutura Azure e com isso trazendo sua comunicação ” Branch Office ” para suas duas VNETs. Segue abaixo a demo:

   Para finalizar foi entregue um livro para todos os representantes, conforme abaixo. Até o momento eu não finalizei a leitura dele, assim que eu finalizar volto aqui para comentar sobre o mesmo.

   Sinceramente eu espera um pouco mais sobre a demo, explorando um pouco mais afundo seus detalhes sobre scripts, segurança, analise mais profunda de alguma aplicação, etc. Um ponto importante que chamou minha atenção e gostaria de ressaltar que nessas apresentações, por diversas vezes a menção CCIE foi falada, principalmente sobre as características da real necessidade desse engenheiro, entretanto essas discussões nos podemos trazer em outro post para correlacionar mais esses ítens.

   Espero que vocês tenham gostado e se ficou alguma dúvida ou sugestão coloque aqui em nossos comentários. 🙂

Abs,
Rodrigo


Disclaimer: Gelstalt IT, the organizers of Networking Field Day, provides travel and expenses for me to attend Networking Field Day. I do not receive cash compensation as a delegate. Also, I do not receive compensation for writing about or promoting Networking Field Day.

0
0

Link permanente para este artigo: https://ciscoredes.com.br/2019/03/11/blog-nfd20-vmware-sdwan/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate