BLOG – O que é ping? Protocolo ICMP?

Olá Pessoal,

Após ter feito uma pequena pesquisa que acabei colocando no Twitter de nosso BLOG, para qual estava querendo obter informações sobre quais tópicos vocês mais gostariam de visualizar, e por minha surpresa o que acabou tendo mais votos, conforme abaixo:

Desta forma, e como solicitado vou tentar trazer alguns posts explicando um pouco desses conceitos básicos.

Para essa primeira abordagem, eu resolvi trazer um ítem que acredito que muitos usam independentemente de sua área de atuação ( Rede, Infra, Telecom, Cloud, Programação, etc ), pois em algum momento você já executou um teste de ping em seu prompt.

O que é o ping?

É uma ferramenta de diagnóstico que testa a conectividade entre dois nós ou dispositivos em uma rede. Com isso, podemos garantir que os dois pontos ( origem e destino ) são alcançavéis, ou seja, podem se comunicar.

Isso pode ser pensado de forma mais abragente, ou seja, alcançar pontos remotos mesmo que estejam dentro de seu ambiente de trabalho ( LAN ), como também ambientes que estão na Internet ( WAN ).

Qual protocolo é utilizado?

Como já estamos colocando o termo ” Ping “, e devido a ser o mais conhecido, podemos parar e pensar para avaliar qual protocolo ele está usando?

Sim, e de fato temos a menção para o ICMP ( Internet Control Message Protocol ), para qual também podemos consultar via RFC792.

O ICMP é uma aplicação?

Muitas das vezes o pessoal pergunta se o ICMP é uma aplicação.

Podemos observar neste exemplo que capturei através do Wireshark, que o ICMP no debug ele não está diretamente atrelado a camada de aplicação, mas ele é considerado como um artefato da camada de Rede, ou seja, olhando na visão do modelo OSI, temos a consideração que está na camada de Rede.

Mas vale lembrar que o ICMP não tem a necessidade de obter recursos da camanda de transporte ( TCP ou UDP ), portanto ele é considerado como ” connectionless ” fazendo com que não há necessidade de abrir conexão para enviar a mensagem.

O ping é uma aplicação?

Neste questionamento temos uma resposta mais afirmativa que de fato aplicação acaba sendo mais definida pela terminologia, ou seja, a menção do ” ping “.

Como todos sabem hoje temos algumas ferramentas que devido algumas caracteristicas estão em ” background ” executando essa função, e que também podem ser ouvidas como ” ping sweep “. As ferramentas que eu poderia mencionar seria:

      • Solarwinds PingSweep
      • Pingdom
      • Site24x7
      • Grafana Cloud
      • PRTG Network Monitor

Mensagens ICMP

Como observamos anteriormente o protocolo utilizado para nosso conhecido ping é o ICMP, mas dentro desse cabeçalho temos diversas mensagens que podem trazer validações e entendimento do que de fato pode estar ocorrendo entre esses pontos remotos ou locais.

Como já definido na RFC temos a seguintes menção:

Com este cabeçalho os campos que mais observamos seria o ” Type ” e o ” Code “, pois são através dessas flags que iremos obter os valores correspondentes a cada ação que estão ocorrendo dentro desse percurso entre origem e destino. Sempre observo através da documentação do IANA referente esses dados, pois acredito que fica fácil para pesquisar e observar as mensagens.

Tradicionalmente os ” Types ” 0, 3, e 8 que acabamos mais visualizando no dia a dia, pois no 3 iremos ter diferentes ” Codes ” que vão nos dar visibilidade sobre a menção de ” Destination Unreachable “. Nele podemos observar sobre caracteristicas de ” host unreachable “, ” Fragmentation Needed “, etc. Vale muito a pena interpretar esses código diretamente através de um sniffer.

Como dica, faça alguns testes usando seu próprio prompt e tente identificar esses parâmetros.

ICMPv6 – Julga-se para o IPv6

Todos devem estar se perguntando sobre o porque o ICMPv6. Será que vou utilizar?

Eu resolvi mencionar, pois de fato ele é muito importante quando falamos nova estrutura para utilização do IPv6, justamente porque ele é encarregado de fazer o trabalho que anteriormente era feito por outros protocolos no IPv4. Os protocolos que estão atrelados junto com o ICMPv6 seria o ARP, RARP, IGMP, bem como também temos a menção do MLD ( Multicast Listener Discovery ), NDP, autoconfiguração de endereçamento IP no processo ” Stateless

Você pode visualizar com mais detalhes através desse link. Vale ressaltar também que temos itens importante quando mencionamos sobre descoberta de vizinhos por esse protocolo, que por sua vez teremos o Router Solicitation ( RS ), Router Advertisement ( RA ), etc.

Caso queiram mais detalhes sobre essa funcionalidade deixe um comentário que posso preparar um conteúdo para todos.

Resumo

De fato pessoal, esse tema é muito falado em nosso dia a dia, e foi nesta forma que pensei em trazer esse formato de questionamentos para tentar explicar um pouco do que escuto em algumas aulas e também para verificar se faz sentido isso que acabei de expressar para vocês.

O que vocês acharam? Estão de acordo? Consegui abordar de fato um tema basico de redes?

Abs,

Rodrigo

0
0

Link permanente para este artigo: https://ciscoredes.com.br/2021/04/05/blog-o-que-e-ping-protocolo-icmp/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate